Quem Pode Ensinar sobre Empreendedorismo?

No ano passado, bombou um artigo na internet que dizia: “Porque a industria do empreendedorismo de palco irá destruir você”, escrito por Ícaro de Carvalho. No artigo, ele diz que todos andam empolgados com a possibilidade de empreender, graças a palestrantes que falam sobre o assunto e vendem essa ideia, mas nunca foram empresários de fato.

O empreendedorismo está cada vez mais na moda. Prova disso, são startup’s como Google e Facebook, que são consideradas as empresas mais valiosas do mundo e que são ações bem recentes. Fazendo com que as pessoas acreditem cada vez mais nesses palestrantes que aparecem por aí.

Mas será que quem pode ensinar empreendedorismo é quem empreendeu? Essa solução, é na verdade, muito simplista. O que normalmente acontece com esse empreendedor de sucesso é que ele teve um fator sorte, aleatoriedade ou até mesmo um ambiente adequado para isso.

Um exemplo de empresário de sucesso é Jorge Paulo Lemann, dono da Ambev, que teve todo um ambiente propício para empreender, com uma estrutura financeira e estudando em Harvard. Porém, Lemann nunca vai poder aconselhar um menino de periferia, que não teve oportunidade, a empreender, pois ele é uma exceção.

Até mesmo o empresário Flávio Augusto, da Wise Up, que diz ter saído de classe baixa, também é uma exceção. Pois muitos também vêm de classe baixa, se esforçam e acabam falindo.

Em palestras da Fiesp, por exemplo, quem fala sobre empreendedorismo são os mesmos empreendedores há anos. Como por exemplo o empresário da Chilli Beans, da Wizard, etc. Sendo sempre pessoas que, de alguma forma, são consideradas exceção e com uma história enviesada.

Quem possui a maior autoridade sobre o assunto, são pesquisadores dessa área, que sempre exploram dados e estatísticas sobre o tema. A pessoa que dedica seu tempo sobre o assunto, enxerga todos os casos possíveis de empreendedorismo que deram certo ou não, sendo mais confiável para dar conselhos.

Uma pessoa que não possui estrutura financeira para empreender, é um caso, outra é a que possui poder aquisitivo e tempo para isso. Então, há uma variedade de casos que precisam ser estudados antes de se arriscar nesse ramo.

(Visited 6 times, 1 visits today)

About The Author

Postagens Relacionadas